Assinatura RSS

E vamos queimar livros!

Publicado em

A queima de livros voltou na Bahia! O Folha de S.Paulo de hoje traz uma matéria reportando uma decisão da Justiça Estadual de recolher todos os exemplares do livro Sim, Sim! Não, Não! Reflexões de Cura e Libertação, escrito pelo monsenhor Jonas Abib, pois para o voluntarioso Ministério Público da Bahia acredita que Abib teria cometido o crime de “prática e incitação de discriminação ou preconceito religioso”. Para o promotor Almiro Sena Soares Filho, o mesmo que processou a Rede Globo por mostrar escravos apanhando na novela Sinhá Moça (algo que não acontecia, de acordo com a Nova e Revisada História do Brasil de Almiro de Sena Soares Fo.), Abib faria:

[A]firmações inverídicas e preconceituosas à religião espírita e às religiões de matriz africana, como a umbanda e o candomblé, além de flagrante incitação à destruição e ao desrespeito aos seus objetos de culto.

De acordo com a promotoria, já teriam sido vendidas 400 mil cópias do livro.

Não é a primeira vez que uma crítica a religiões afro-brasileiras sofre censura na Bahia. O livro Orixás, Caboclos e Guias Deuses ou Demônios? de Edir Macedo também foi censurado pela Polícia do Pensamento, filial Ministério Público Federal.

»

  1. Quem me conhece sabe que sou extremamente anti-religião (e o ocorrido é mais uma demonstração que religião só traz problemas e não soluções), mas em uma questão como essa não há como não se indignar com a parcialidade da justiça a favor de uma ou outra religião.
    Abs

    Responder
  2. Na verdade, o problema não é a religião em sim, acho que cada um pode ter a sua religião, suas crenças e valores. A questão central no meu entender é a hipocrisia, e o exagero jurídico. Na verdade o mesmo pais que em sua constituição defende a liberdade de expressão, na contramão a coibe através de leis como a da apologia ao crime a da discriminação socio-racial. Tudo depende da interpretação, mas no meu ver, lei nenhuma deveria limitar a expressão intelectual. O que estamos vendo é um grande retrocesso tanto técnico como cultural, Brasil um dia será Cuba (A do passado, pois a atual deve superar o Brasil em termos de liberdade de expressão e democriacia em breve) ou a China, mas esta mais para uma nova Birmânia.

    Responder
  3. A Igreja tem o dever de obedecer o que diz a Sagrada Escritura tendo como meio a LIBERDADE DE EXPRESSÃO. Se a Igreja pensa, com base no que diz os escritos bíblicos, que os filhos de Deus estão sendo escravizados e enganados por crenças e seitas que, segundo a Bíblia, são abomináveis por Deus, ela tem por obrigação de alertas os seus fiéis para que não sejam enganados e iludidos.

    É uma questão de Fé. Quem não tem nada entendendo do assunto.

    TODOS NÓS SOMOS LIVRES!!!!

    abçs

    Deus nos abençoe!

    Responder
  4. Luciano Ribeiro

    O Ministério Público da Bahia deve proibir a venda da Bíblia, isso mesmo. A Sagrada Escritura critica diretamente as práticas das religiões africanas. Por exemplo, a invocação de mortos. O que fazer? Vamos processar Davi, Abraão, Pedro, Paulo… Ou seja, enquando isso milhares de criança estão vendendo os seus corpos nas ruas da Bahia.

    Responder
  5. Mas também não vamos pintar a igreja católica como uma santa na história, querendo proteger a população, pobre e indefesa. Da mesma maneira que as religiões africanas tem esse lobby na Bahia, os católicos tem no governo federal pela CNBB.

    Se a igreja fosse tão apoiadora da liberdade, não tentaria impedir pesquisas científicas, ou exigindo legislação a favor de determinada fé.

    Abs

    Responder
  6. Pingback: E vamos queimar livros! Parte 2 « Censura não !

  7. Algum dos comentaristas anteriores leu o livro? É certo que não. Comentam sobre o que desconhecem.

    A igreja católica e seus representantes tem o direito de dizer suas verdades, mas não o de contar mentiras ou estimular a violência.

    Como alguém pode apoiar o livro sem tê-lo lido? Não é preciso ler o livro para depois comentá-lo? Fazendo o contrário não estamos emitindo opniões ignorantes e superficiais?

    O livro sugere que os espíritas e demais integrantes de outras religiões sejam privados de sua fé quando manda o católico “combater” o espiritismo, que sejam quebradas as estátuas do candomblé, isso é amar ao próximo e respeitar a religião do outro? Essa é a causa da proibição do livro. A proibição não é embasada nas diferenças das religiões e sim nas mentiras absurdas que o dito cujo autor do livro escreve e, no estimulo a prática de violência conta os espíritas e integrantes de outras religiões.

    Incitar a violência nunca foi uma atitude cristã, é o que este padre autor do livro faz orientando que o espiritismo seja “combatido” e que sejam quebradas as estátuas do Candomblé… além de tantas outras bobagens. Isso nunca foi, nem será uma atitude que condiz com o mandamento maior do Cristo: Ama ao próximo como a tí mesmo. Se falta de respeito é amor ao próximo então este Padre deve mesmo saber nada sobre moralidade e educação social. O mal dos tempos modernos é querer continuar vendando os olhos das pessoas e impondo uma verdade totalmente desprovida de inteligência e bom raciocínio lógico. Dizer que não gosta é uma coisa, ele tem esse direito, mas dizer que não presta são outros quinhentos. Talvez o desejo de atrair a admiração das outras pessoas seja maior do que o compromisso com o bem estar geral. Por isso todos tem o dever de RESPEITAR e AMAR o seu próximo. Alguém que se incomode com um livro espírita que tome uma atitude a vá a justiça exigir seus direitos.

    Curioso a Bíblia proibir que se fale com os mortos.. Então porque falam com Jesus que já morreu? Nem preciso citar todos os Santos (que já morreram) com quem muitas pessoas falam em suas orações. Porque Jesus falou com Moisés, que já estava morto? Porque Jesus pode e um espírita não? Alguns trechos da Bíblia devem ser interpretados com cuidado para não tolir o raciocínio lógico e esconder a verdade.

    Criticar o espiritismo, o candomblé, ou qq coisa, é muito fácil, difícil mesmo é agir como Jesus ensinou. Todos tem o direito de dizer o que sentirem vontade, mas tem o dever de dizer palavras coerentes com a realidade sob pena de se ajustar com a justiça dos homens e de Deus, todos tem o dever de arcar com as consequências, escrever mentiras é feio! O direito dele acaba quando começa o do outro!

    José Medrado denunciou esta agressão e como sempre agiu não só como cidadão digno, mas também como cristão.

    Responder
    • Uma palavra para MILENE VINHAS. Vejo que de Deus voce nao entende nada. Muito menos de liberdade de expressao. A Biblia proibe falar com os mortos porque isso é abominavel aos olhos de Deus. Jesus morreu, mas ao terceiro dia ele ressucitou. Ou seja, Ele vive e está presente no meio de nós. Porque é Deus e Deus é Unipresente. Em questao de amar o próximo, voce nao está amando com esse seu comentário. Em questao de Jesus ter falado com Moisés. Ele falou porque é DEUS e DEUS pode tudo. E os espiritas nao é Deus e nao pode tudo como Deus. Naquele momento que Cristo fala com Moises é como que o Céu se fizesse presente em volta de Cristo, porque Cristo É Filho de Deus Pai e portanto tambem É Deus! (Nao baixou o espirito de Moises em jesus) Deus é o proprio amor e o próprio Céu! Sao coisas humanamente difíceis de entender. É necessario vos nascer denovo para compreender! Nascer denovo é abrir o olhos da Fé e os ouvidos para DEUS. Palavras essas de Jesus que estao registradas no Evangelho. Evangelho de João Capitulo 3 versiculos 01 a 21. Da uma conferida. Como catolico posso afirmar que a Igreja ensina que o Evangelho deve ser proposto e nao imposto. Se alguns fiéis impoe infelizmente eles estao errados e a Igreja nao tem culpa por causa desses. Ja li o livro e o Autor do Livro propoe e nao impoe. Ele adverte os fieis. Isso é liberdade de espressao. Da mesma forma que voce tem a liberdade de expressao de afirmar no seu comentario que Jesus Somente morreu e nao ressucitou, nós tambem temos essa liberdade d expressao para anunciar a nossa Fé. Em questao dos santos, nós catolico acreditamos que eles contemplam Deus face a face. E que quando pedimos e intercesao deles (oraçao deles por nós de lá do Ceu). Deus permite que eles nos escutem para que rezem por nos; e se alcansamos uma graça ou um milagre nao é o santo que faz, ele somente intercede, mas é Deus que nos escuta e escuta os santos, e nos atende. Nós Cremos na Ressureicao dos mortos. Cremos que temos uma unica passagem na Terra. Cremos que se morrermos vivendo uma vida segundo a palavre de Deus vamos Ressucitar no fim do mundo e o nosso corpo se tornará um corpo glorioso igual o de Cristo ressucitado e viveremos eternamente no amor e na paz contemplando Deus face a face. Nesse tempo de passagem na Terra que temos, Cristo O Filho de Deus que se sacrificou por nos na cruz pra pagar os nossos pecados, nos deu a condicao de quando arrependemos dos nossos pecado ele sao perdoados e nó nos tornamos livres da mancha do pecado. Por causa disso por mais que uma pessoa vive a vida inteira fazendo maldade e no seu leito de morte se arrepente de tudo e essa aceita Jesus e o Que Ele anunciou, que é a vida eterna e ressureicao, essa pessoa terá a salvaçao eterna. Essa é nossa Crença!Leia Evangelho de Joao Cap. 6 verciculos 35 a 40. Éssa é a Verdade de Deus! Verdade essa tao dificil de acreditar que crucificaram Jesus. Quem tem ouvidos ouça. Tudo isso que foi dito é para todos que aceitam essa verdade.

      Responder
    • A minha intençao aqui nao é de humilhar ninguem. Apenas propor a Milene Vinhas e a voces a Verdade de Cristo. A nossa Fé. E mostrar que nao é bem assim como dizem. Quero deixar aqui uma pergunta: Será que realmente vivemos num país de LIBERDADE DE EXPRESSAO?

      Responder
    • Que Deus te abençoe e te ilumine. Vou orar por voce.

      Responder
    • Outra palavrainha a Milena Vinhas. Milena voce diz que a igreja Católica conta mentiras e incita a violencia. Mas como catolico que vivo minha Fé lhe afirmo que a Igreja nao é mentirosa e nao incita a violencia contra as outras religiões e contra ninguem. Isso que voce falou é uma acusaçao muito séria! Como eu disse no outro comentario: A Igreja ela propõe a Fé crista e nao impõe. Aprendi isso lá dentro. Se tem gente que impõe, isso nao significa que a igreja tenha culpa, mas a culpa é de quem impõe. E nao da igreja que propõe. Impor e Propor sao duas coisas muito diferentes. Quanto ao autor do Livro Sim, Sim! Nao, Nao! ele vem propor e nao impor. Cabe a mim leitor optar em ouvi-lo ou regeita-lo. Estão dizendo que no livro ele fala para destruir os objetos do candomble, ubanda e do espiritismo. Ora o livro é para cristao que desconhece a verdade de Deus e que tem os objetos em casa. Pessoas essas que sao cristãs e que tem essas imagens em casa, mas que nao sabe que isso nao é permitido por Deus. Ora cabe a mim decidir quebrar e destruir certos objetos que comprei na rua e que eu trouxe para dentro de casa, que nao condis com minha Igreja e que nao agrada o coracao de Deus, e se estando dentro da minha casa tenho todo direito de quebrar, destruir. Ainda mais agora que após a leitura do livro aprendi que diante de Deus é errado.
      EM NENHUM MOMENTO o autor mandou a gente ENVADIR os centros espiritas, casa de umbanda e candomblé e destruir tudo. Em relação a tudo isso que estou lhe escrevendo vou citar até um pequeno trexo do livro: (…NÃO ESTOU FALANDO CONTRA AS PESSOAS ESPIRITAS,CONTRA AS PESSOAS QUE FREQUENTAM UMBANDA,CANDOMBLÉ, MAS ESTOU FALANDO AOS CRISTAOS QUE SÃO INOCENTES UTEIS: SEM SABER DOS FATOS…) Livro Sim, Sim! Não, Não!. Pagina 35. É necessário vos nascer de novo para que conprendam tudo isso. Leia Evangelho de Joao cap. 3 versiculos de 01 a 21. (Leia Lv 19,31 “NÃO VOS DIRIJAIS AOS ESPIRITAS NEM AOS ADIVINHOS: NAO OS CONSULTEIS PARA QUE NÃO SEJAIS CONTAMINADOS POR ELES. EU SOU O SENHOR, VOSSO DEUS) E se Deus abomina é por que tem coisa por tras que nao agrada a Deus. E aquele qua nao agrada a Deus é o demonio. E pessoas que praticam tudo isso que o Senhor Deus proibi tambem sao vítimas. Nao sabem que é o demonio que esta por tras de tudo disfarsado e sedusindo-os. Leia tambem (Lv 20,6). Tudo que eu disse aqui é um anuncio da Fé Cristã Católica. É uma proposta de Fé, um chamado de Deus a conversao. Quem tem ouvidos ouça. Cabe a cada um querer aceitar. Fé nao se impõe, mas se propõe! LIBERDADE DE EXPRESSÃO!!

      Responder
      • Tem gente q lê uma coisa e entende outra, foi o q aconteceu cm vc. Ele diz no livro que os próprios “católicos” que se deixam seduzir pelas religiões não cirstãs é que devem destruir dentro de seus próprios lares os objetos de umbanda, candoblé e seus derivados, não de sair por ai quebrando tudo. Da próxima vez que ler um livro, preste atenção no que o autor está dizendo, não no que vc qr ler!!!

      • BOM, LARISSA SENA. se vc disse isso pra Milene Vinhas concordo com vc, mas se vc disse pra mim, eu pesso que leia meus dois comentários com mais atenção e verá que vc nao prestou atenção no que eu disse. Mas se teu comentário não foi pra mim desconsidere essa mensagem. PAZ E BEM!

    • otavio albino neto

      o padre jonas abib esta certo em condenar o espiritismo no ceu livro reflexões de cura e libertação . proibir o livro de abib e ser contra a liberdade de expressão. será que não posso falar o que quizer que liberdade é essa ? sou evangelico e apoio jonas abib não como religioso mas sim como cidadão brasileiro que sou . otavio de maranguape ceara

      Responder
      • otavio albino neto

        jonas falou para os catolicos destruirem objetos da umbanda e camdoble e espiritismoi . ele não para os adebitos do camdoble, umbanda e espiritismo. e outra jonas abib não mandou sair por ai quebrando objetos dessas religiões . pessoal preste atenção no que esta lendo antes de fazer um prejugamento . a biblia diz que o meu povo(povo de deus) padese por falta de conhecimento

      • otavio albino neto

        jonas abib falou para catolicos(carismaticos) que tem simbolos da umbanda, candoble, e espiritismo nas suas casas destruirem esses simbolos jonas não falou parao os adebitos do camdoble,umbanda e espiritismo destruirem seus simbolos . e outra abib não falou que é pra sair por ai quebrando simbolos dessas religiões . pessoal vamos prestar atenção no que estamos lendo antes de fazermos um prejulgamento . a biblia diz que o povo padesse por falta deconhecimento . um abraço

    • não acredito em Deus nem em religião,,mas concordo com a milene vinhas,,nenhuma religião tem poder sobre as outras,,,e mais,,leiam a biblia atentamente que voces vão ver que estão enganados sobre ela.. visleysoares@hotmail.com

      Responder
    • Milene, eu li esse livro e lá infeliezmente só tem isso mesmo que vc disse: mentiras e estímulo ao preconceito.

      Responder
  8. Isso aí Milene! E a melhor solução é a censura! *sheesh*

    Existem outras maneiras de combater intolerância, porque se pensar bem censura é uma “prima” da intolerância.

    Abs

    Responder
  9. Se é pra censurar, vamos queimar o livro da Dani Sufistinha e muitas outras, que fazem apologia à prostituição.

    Parabéns pelo seu comentário, André!

    ” A Igreja tem o dever de obedecer o que diz a Sagrada Escritura”

    Responder
  10. Pingback: E vamos queimar livros! Parte 3 « Censura não !

  11. Pingback: Padre Adib e nosso pé na censura | BlogueIsso!

  12. Pingback: E vamos queimar livros! Parte 5 « Censura não !

  13. Pingback: Liberdade Digital » Blog Archive » Justiça proíbe livro “Sim, sim! Não, não!”

  14. Se é para proibir o livro do Pe. Jonas, é preciso proibir a Bíblia também.

    Eu li o livro Sim, Sim, Não, Não. E tudo o que o Pe. Jonas escreveu é o que qualquer católico ou evangélico já sabe ou pelo menos já devia saber a muito tempo. Não é nenhuma novidade que a Bíblia proíbe, expressamente, o espiritismo e outras práticas semelhantes: “Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação, à astrologia, aos agouros, ao feiticismo,à magia, ao espiritismo, à adivinhação ou â invocação dos mortos, porque o Senhor, teu Deus, abomina aqueles que se dão a essas práticas, e é por causa dessas abominações que o Senhor, teu Deus, expulsa diante de ti essas nações. Serás inteiramente do Senhor, teu Deus.” (Deuteronômio, capítulo 18, versículos do 10 ao 13).

    Quando o Pe. Jonas escreve que os cristãos devem quebrar e destruir as imagens ou símbolos espíritas ou de umbanda ou candomblé, refere-se aos objetos que esses cristãos tem em sua casa. Não incita ninguém a invadir nenhum terreiro de macumba pra destruir nada lá dentro, nem a fazer isso com os objetos de outras pessoas. Mas apenas leva o leitor a ser coerente com a sua fé. É isso que o próprio título do livro diz: Sim, Sim, Não, Não. “Dizei somente: Sim, se é sim; não, se é não. Tudo o que passa além disto vem do Maligno.” (Evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo 37)Ou seja: Sê corente. Se é cristão, se comporte como cristão. Se é espírita ou umbandista ou outra coisa qualquer, seja isso. Mas não misture as coisas. Se é cristão, retira os símbolos de outra religião que tá na tua casa. E quebra mesmo, destrói. Porque se eu acho que não é bom pra mim, não posso acreditar que será bom para o outro.

    Se ofendi alguém com minhas palavras, perdão! Mas é o que acredito.

    Deus os abençoe!!!!

    Responder
  15. Parabéns Décio! Disse tudo que eu queria dizer e não consegui!
    O que está no livro de aplica a cristãos que não tem uma identidade em sua fé. Se é cristão, se comporte como um cristão. Acho muito estranho, apesar de respeitar, afinal essa é a palavra chave aqui, que uma pessoa se diga católica, mas acredite em reencarnação e se identifica com o candiblé, por exemplo. É aceitável por uma questão de respeito às escolhas do outros, mas aos olhos da religião não. São posições totalmente contraditórias, já que RESSURREIÇÃO é totalmente diferente de REENCARNAÇÃO! é uma questão de postura, de personalidade. Se não concordo com alguma coisa em alguma religião, melhor não estar lá dentro, pois não estou inteiramente! E esse livro foi escrito para os cristãos se comportarem como tal, e acredito que o Monsenhor Jona Abib não teve intenção de ofender ninguém,m as sim alertar os seus fiéis a terem uma postura. E além do mais, se a moda pega, a igreja católica vai entrar na justiça muitas vezes, pois o que tem de livro por aí criticando sua postura em determinados assuntos… cada um segue o que quer, mas a partir do momento que escolhe uma religião, se concorda com o que ela prega, se não o que faz ali? Só críticas?
    Paz e bem!

    Responder
  16. Vamos pensar um pouco turma, sem querer ofender a ninguém, não acho que retirar livros à força do mercado seja a melhor maneira de combater o preconceito e a intolerância religiosa mais, no entanto promover mais ou menos 300 anos de Inquisição queimando, torturando e oprimindo pessoas por simplesmente não “comungar” de sua fé, e ai como fica. Acho que tem gente vivendo com a cabeça na lua e nunca pegou um livro de historia pra da uma olhadinha.
    A propósito aos fanáticos ai, eu dou um doce pra quem encontrar a palavra espiritismo em uma bíblia que tenha sido editada antes de 1830.
    “o professor Rivail “Allan Kardec” foi que criou esta palavra dentre elas varias outras. Ou seja, vamos treinar o raciocínio, sendo a bíblia um livro escrito no mínimo há 1600 anos qual e a possibilidade do espiritismo ser citado na bíblia? Espero não confundir a cabeça de alguns gênios ai.

    Um grande abraço

    “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente à razão em todas as épocas da Humanidade” – Allan Kardec

    Responder
    • Vc por acaso responde aos erros dos seus tataravós??? Eu não!
      Sempre que vão falar mal da igreja católica falam dessa tal inquisição. Sempre que vão falar mal dos brancos falam da escravidão. Pq não falam dos erros presentes, erros que nós do século XXI cometemos? Se quer falar mal da igreja católica, fala do que ela tem feito agora, no PRESENTE!
      Fale dos centros espíritas que ela tem invadido e quebrado tudo, da violência que ela usa nas ruas matando pessoas que não seguem sua fé, e por aí em diante.

      “Se fiz mal, fale-me onde errei, mas se não fiz, pq me bateste?”

      Responder
  17. Palhaço Dudu di Deus

    A PALAVRA DE DEUS citada abaixo vai ao encontro do ocorrido na Bahia. Dizer a verdade machuca, já não é mais novidade os movimentos que vão contra as pessoas que conscientisam o povo que busca ir ao encontro de Deus. Em minha opinião esta censura é projeto da NOVA ERA que não consegue ouvir a VERDADE. O próprio Cristo foi cruxificado por pessoas que diziam “doutores da lei”. Porque não fazem projetos para queimar armas e drogas em praças públicas? Deixem os profetas profetizarem!

    Leiam:

    (Oséias 4,6)
    porque meu povo se perde por falta de conhecimento; por teres rejeitado a instrução, excluir-te-ei de meu sacerdócio; já que esqueceste a lei de teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos.

    Os políticos sérios do Brasil e do mundo deveriam ter um compromisso com a verdade. O livro NÃO fala contra os espiritas e SIM contra o espiritismo.

    Abraços,

    Responder
  18. O mesmo ódio religioso que move os violentos fundamentalistas islâmicos, movimenta os fundamentalistas carismáticos e pentecostais. A diferença fica por conta das conseqüências: os radicais islâmicos deixam a morte e os cristãos, o preconceito e a difamação. E o mais assombroso: eles justificam o seu ódio, declarando-se fiéis às “Sagradas Escrituras”! Pois é. As mesmas escrituras na qual deus apoia a escravidão; onde povos são exterminados, com ajuda dele, para que suas terras fossem dominadas pelos hebreus; onde deus faz ursos devorarem dezenas de crianças por elas terem zombado de um profeta; etc,etc. Espiritismo é do demônio? E os pastores que se enriquecem com a miséria material e intelectual dos fiéis? E os crimes da Igreja Católica (inquisição, cruzadas, etc)? E a imoral e horrenda guerra religiosa na Irlanda do Norte (católicos x evangélicos) que durante décadas espalhou sangue naquele belo país? É… e eles ainda têm coragem de difamar o espiritismo e as religiões afro-brasileiras! Constituição neles!

    Responder
    • Primeiramente, não sentimos ódio e sim indignação. Segundo, a nossa bíblia não tem somente o antigo testamento, temos o segundo, é o que a gente mais segue. E em terceiro lugar, como eu disse antes, se queres julgar alguém, julgue pelo que ele faz e não pelo que os seus pais fizeram. A greja católica errou sim, mas concertou seus erros, ao contrários de muitos que só pioram. Se queres falar mal da gente, fale do que a gente faz, e não do que fizeram a séculos atráz!!!

      Responder
  19. Assim como Jesus Cristo não obrigou ninguem à segui-lo, mas anunciou o caminho verdadeiro e denunciou o falso, assim se faz os seus apostolos que estão frente a igreja. O livro alerta os verdadeiros catolicos compromissados com á fé verdadeira ou que desejam assumila por terem sido batizado nesta fé assumida pela santa igreja.QUE ASSIM COMO PROPRIO DEUS DENUNCIOU AS PRATICAS OCULTAS DESDE O ANTIGO TESTAMENTO ATE O NOVO TESTAMENTO. Sendo assim não é uma questão moral puramente humana e sim espiritual onde a igreja defende aqueles que acreditam e professam sua fé. DENUNCIANDO Á PRATICA NÃO O SER HUMANO.

    Responder
  20. O Livro do Padre Jonas Abib simplismente nos relata a verdade. Mas sabemos que quando a verdade vem a tona, muitos que estão no averso se sentem até mesmo ridicularizado. Lembrem que quase o mesmo acoteceu com Jesus. Foi condenado simplismente por revelar a verdade. Somente a verdade liberta Jo 8, 32 é preciso fazer com que a verdade chegue a todos os lugares, doa a quem doer.

    Responder
  21. maria aparecida

    critica quem faz o bem e mostra a verdade é facil. ainda não li, mas tenho certeza que Padre Jonas não falo nenhuma mentira. Deus é um só e não quer seus filhos adorando a deuses falsos.
    FORÇA PADRE JONAS…………………..

    Responder
  22. Eu li esse livro. O Monsenhor Jonas é o grande profeta do século no Brasil. Relata a verdade e vem sendo perseguido.

    Responder
  23. na realidade, monsenhor, estava falando das religioes. Quer dizer que todas as religioes podem falar mal do catolicismo? e o catolicismo não pode falar das religioes que ja e processado?
    isso até parece inveja,pq o catolicismo é bem reconhecido, só pode….

    Responder
  24. Uma palavra para MILENE VINHAS. Vejo que de Deus voce nao entende nada. Muito menos de liberdade de expressao. A Biblia proibe falar com os mortos porque isso é abominavel aos olhos de Deus. Jesus morreu, mas ao terceiro dia ele ressucitou. Ou seja, Ele vive e está presente no meio de nós. Porque é Deus e Deus é Unipresente. Em questao de amar o próximo, voce nao está amando com esse seu comentário. Em questao de Jesus ter falado com Moisés. Ele falou porque é DEUS e DEUS pode tudo. E os espiritas nao é Deus e nao pode tudo como Deus. Naquele momento que Cristo fala com Moises é como que o Céu se fizesse presente em volta de Cristo, porque Cristo É Filho de Deus Pai e portanto tambem É Deus! (Nao baixou o espirito de Moises em jesus) Deus é o proprio amor e o próprio Céu! Sao coisas humanamente difíceis de entender. É necessario vos nascer denovo para compreender! Nascer denovo é abrir o olhos da Fé e os ouvidos para DEUS. Palavras essas de Jesus que estao registradas no Evangelho. Evangelho de João Capitulo 3 versiculos 01 a 21. Da uma conferida. Como catolico posso afirmar que a Igreja ensina que o Evangelho deve ser proposto e nao imposto. Se alguns fiéis impoe infelizmente eles estao errados e a Igreja nao tem culpa por causa desses. Ja li o livro e o Autor do Livro propoe e nao impoe. Ele adverte os fieis. Isso é liberdade de espressao. Da mesma forma que voce tem a liberdade de expressao de afirmar no seu comentario que Jesus Somente morreu e nao ressucitou, nós tambem temos essa liberdade para anunciar a nossa Fé. Em questao dos santos, nós catolico acreditamos que eles contemplam Deus face a face. E que quando pedimos e intercesao deles (oraçao deles por nós de lá do Ceu). Deus permite que eles nos escutem para que rezem por nos; e se alcansamos uma graça ou um milagre nao é o santo que faz, ele somente intercede, mas é Deus que nos escuta e escuta os santos, e nos atende. Nós Cremos na Ressureicao dos mortos. Cremos que temos uma unica passagem na Terra. Cremos que se morrermos vivendo uma vida segundo a palavre de Deus vamos Ressucitar no fim do mundo e o nosso corpo se tornará um corpo glorioso igual o de Cristo ressucitado e viveremos eternamente no amor e na paz contemplando Deus face a face. É que nesse tempo de passagem na Terra Cristo O Filho de Deus que se sacrificou por nos na cruz pra pagar os nossos pecados. Por causa disso por mais que uma pessoa vive a vida inteira fazendo maldade e no seu leito de morte se arrepente de tudo e essa aceita Jesus e o Que Ele anunciou que é a vida eterna e ressureicao, essa pessoa terá a salvaçao eterna. Essa é nossa Crença!Leia Evangelho de Joao Cap. 6 verciculos 35 a 40. Éssa é a Verdade de Deus! Verdade essa tao dificil de acreditar que crucificaram Jesus. Quem tem ouvidos ouça. Tudo isso que foi dito é para todos que aceitam essa verdade.

    Responder
  25. A minha intençao aki nao é de humilhar ninguem. Apenas propor a Milene Vinhas e a voces a Verdade de Cristo. A nossa Fé. E mostrar que nao é bem assim como dizem. Quero deixar aqui uma pergunta: Será que realmente vivemos num país de LIBERDADE DE EXPRESSAO?

    Responder
  26. Outra palavrainha a Milena Vinhas. Milena voce diz que a igreja Católica conta mentiras e incita a violencia. Mas como catolico que vivo minha Fé lhe afirmo que a Igreja nao é mentirosa e nao incita a violencia contra as outras religiões e contra ninguem. Isso que voce falou é uma acusaçao muito séria! Como eu disse no outro comentario: A Igreja ela propõe a Fé crista e nao impõe. Aprendi isso lá dentro. Se tem gente que impõe, isso nao significa que a igreja tenha culpa, mas a culpa é de quem impõe. E nao da igreja que propõe. Impor e Propor sao duas coisas muito diferentes. Quanto ao autor do Livro Sim, Sim! Nao, Nao! ele vem propor e nao impor. Cabe a mim leitor optar em ouvi-lo ou regeita-lo. Estão dizendo que no livro ele fala para destruir os objetos do candomble, ubanda e do espiritismo. Ora o livro é para cristao que desconhece a verdade de Deus e que tem os objetos em casa. Pessoas essas que sao cristãs e que tem essas imagens em casa, mas que nao sabe que isso nao é permitido por Deus. Ora cabe a mim decidir quebrar e destruir certos objetos que comprei na rua e que eu trouxe para dentro de casa, que nao condis com minha Igreja e que nao agrada o coracao de Deus, e se estando dentro da minha casa tenho todo direito de quebrar, destruir. Ainda mais agora que após a leitura do livro aprendi que diante de Deus é errado.
    EM NENHUM MOMENTO o autor mandou a gente ENVADIR os centros espiritas, casa de umbanda e candomblé e destruir tudo. Em relação a tudo isso que estou lhe escrevendo vou citar até um pequeno trexo do livro: (…NÃO ESTOU FALANDO CONTRA AS PESSOAS ESPIRITAS,CONTRA AS PESSOAS QUE FREQUENTAM UMBANDA,CANDOMBLÉ, MAS ESTOU FALANDO AOS CRISTAOS QUE SÃO INOCENTES UTEIS: SEM SABER DOS FATOS…) Livro Sim, Sim! Não, Não!. Pagina 35. É necessário vos nascer de novo para que conprendam tudo isso. Leia Evangelho de Joao cap. 3 versiculos de 01 a 21. (Leia Lv 19,31 “NÃO VOS DIRIJAIS AOS ESPIRITAS NEM AOS ADIVINHOS: NAO OS CONSULTEIS PARA QUE NÃO SEJAIS CONTAMINADOS POR ELES. EU SOU O SENHOR, VOSSO DEUS) E se Deus abomina é por que tem coisa por tras que nao agrada a Deus. E aquele qua nao agrada a Deus é o demonio. E pessoas que praticam tudo isso que o Senhor Deus proibi tambem sao vítimas. Nao sabem que é o demonio que esta por tras de tudo disfarsado e sedusindo-os. Leia tambem (Lv 20,6). Tudo que eu disse aqui é um anuncio da Fé Cristã Católica. É uma proposta de Fé, um chamado de Deus a conversao. Quem tem ouvidos ouça. Cabe a cada um querer aceitar. Fé nao se impõe, mas se propõe! LIBERDADE DE EXPRESSÃO!!

    Responder
  27. 1-Samuel

    28:3 E Samuel já estava morto, e todo o Israel o tinha chorado, e o tinha sepultado em Ramá, que era a sua cidade; e Saul tinha desterrado os adivinhos e os encantadores.
    28:9 Então a mulher lhe disse: Eis aqui tu sabes o que Saul fez, como tem destruído da terra os adivinhos e os encantadores; por que, pois, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer?

    2-Reis

    21:6 E até fez passar a seu filho pelo fogo, adivinhava pelas nuvens, era agoureiro e ordenou adivinhos e feiticeiros; e prosseguiu em fazer o que era mau aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira.
    23:24 E também os adivinhos, os feiticeiros, os terafins, os ídolos, e todas as abominações que se viam na terra de Judá e em Jerusalém, os extirpou Josias, para confirmar as palavras da lei, que estavam escritas no livro que o sacerdote Hilquias achara na casa do SENHOR.

    2-Crônicas

    33:6 Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira.

    Isaías

    8:19 Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?
    44:25 Que desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos; que faço tornar atrás os sábios, e converto em loucura o conhecimento deles;

    Jeremias

    27:9 E vós não deis ouvidos aos vossos profetas, e aos vossos adivinhos, e aos vossos sonhos, e aos vossos agoureiros, e aos vossos encantadores, que vos falam, dizendo: Não servireis ao rei de Babilônia.
    29:8 Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Não vos enganem os vossos profetas que estão no meio de vós, nem os vossos adivinhos, nem deis ouvidos aos vossos sonhos, que sonhais;

    Daniel

    2:27 Respondeu Daniel na presença do rei, dizendo: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei;

    Zacarias

    10:2 Porque os ídolos têm falado vaidade, e os adivinhos têm visto mentira, e contam sonhos falsos; com vaidade consolam, por isso seguem o seu caminho como ovelhas; estão aflitos, porque não há pastor.

    Atos dos Apóstolos, 19

    19,19 Muitos também, que tinham exercido artes mágicas, ajuntaram os seus livros e queimaram-nos diante de todos. Calculou-se o seu valor, e achou-se que montava a cinqüenta mil moedas de prata.
    20. Foi assim que o poder do Senhor fez crescer a palavra e a tornou sempre mais eficaz.

    Responder
  28. Homens de pouca fé!

    Responder
  29. Pregador internacional, músico, escritor e membro do Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica e da Diretoria Executiva da Fraternidade Católica Internacional, órgão ligado ao Pontifício Conselho para Leigos da Santa Sé, em Roma. – “Eis que coloco minhas palavras nos teus lábios. Vê: dou-te hoje poder sobre as nações e sobre os reinos para arrancares e demolires, para arruinares e destruíres, para edificares e plantares.”[Jeremias 1]

    Responder
  30. As pessoas dizem e publicam tantas coisas baixas em livros e internet que vai totalmente contra a vida humana e desrespeita toda a espécie humena e ninguém nunca quer censurar nada. Agora, quando o assunto é religião isso causa tumulto e discórdia. E tem mais, se alguém não concorda com a religião e com as palavras do padre, o que se deve fazer é não ler o livro. Se eu sou católica e não acredito em outra religião para que vou comprar um livro espirita por exemplo?
    O livri foi publicado para quem acredita nafé catiolica ou para quem não acredita em nada e não foi publicado na intenção de desrespietar ninguem. Sou catequista da igreja católica e também alerto as minhas crianças sobre esse assunto, mas também ensino que todos somos irmãos e devemos respeitras as pessoas e não suas práticas…. Deveriamos prestar mais atenção no desrespeito a humanidade, à fome, a prostituição, às musicas que a cada dia mais trazem maldições para dentro de nossas cass e inclusive por nossas crianças… Isso ninguém quer censurar né??? Para isso não há intolerância!!! Aff… Estamos todos de olhos fechados…

    Responder
  31. q Deus tenha misericordia da alma de muitos destes q comentaram
    digo apenas uma coisa O DIA DO SENHOR ESTA PRÓXIMO neste dia veremos
    a justiça de misericordioso porem justo posta em pratica

    Responder
  32. Em Hebreus 9,27 está Escrito:”Como está determinado que os homens morram uma só vez(assim a crença ‘afro’ é condenável), e logo em seguida vem o Juízo”(ou seja, Monsenhor Jonas está apenas reproduzindo a Palavra de Deus).

    Responder
  33. Dulce Maria de Souza Cristinod

    Ridiculo!!!!! Censura nunca mais! Eu tenho o. Livro e fiy muitas copias e enviei a meus a

    Responder
  34. Se vcs são espíritas, pq perdem seu tempo lendo o livro de um Padre? Pra depois sair falando mal dele??? Então estão fazendo igual a ele! Sabe o que vcs fizeram??? Papel de trocha kkkkkkkk

    Responder
  35. Esse livro é uma benção, tanto é prova que está incomodando o encardido, que Deus abençoe sempre e grandemente o Padre Jonas!! Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
    Mateus 5:11

    Responder
  36. Lamentável… isso me fez lembrar do “Auto de Fé de Barcelona”
    qdo um tiragem de O Livro dos Espiritos, foi queimada em praça
    pública, por ordem do Bispo em Bacerlona, no ano de 1861.
    Só que a igreja deu um tiro no próprio pé… pois nada fois mais eficaz
    para a divulgação do Espiritismo que aquele ato.. os exemplares “salvos”
    viraram relíquia… foram redroduzidos, emprestados e estudados.. afinal
    todos queriam saber o que tinha de tão importante naquelas páginas que a igreja queria
    esconder.
    “Não se acende um luz para colocá-la embaixo de um alqueire… mas no velador”

    Responder
  37. “Eu já vi muitíssimas pessoas largarem tudo, queimarem os objetos, queimarem os livros, deixarem os terreiros, deixarem tudo, até mesmo aqueles que eram pais-de-santo, mães-de-santo, médiuns deixaram tudo e voltaram para a vida da verdade em Cristo Jesus. Eu quero que isso aconteça cada vez mais, principalmente com o povo inocente que vai e manda fazer esses trabalhos, que busca essas coisas, que crê em reencarnação, esse povo simples que ERRA por ignorância, que ele seja, agora, conhecedor da VERDADE e que a VERDADE os liberte”. Comentário de Monsenhor Jonas Abib durante recebimento do ‘Prêmio São Francisco de Sales’.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: