Assinatura RSS

O tweet de Danilo Gentili

Publicado em

Então, no dia 26 de julho de 2009 às 7h51, Gentili tuitou o seguinte:

Agora no TeleCine KingKong, um macaco q depois q vai p/ cidade e fica famoso pega 1 loira. Quem ele acha q e? Jogador de futebol?

E pronto! Gentili foi automaticamente elevado a condição de presidente honorário da Ku Klux Klan. A sempre voluntariosa Procuradoria da República em São Paulo já está analisando o caso para ver se Gentili cometeu crime de “racismo”. A ONG Afrobras também quer tirar uma casquinha do caso, querendo representar o “repórter inexperiente”. Como diz José Vicente, presidente da dita entidade:

Nos próximos dias devemos fazer uma carta de repúdio. Estamos avaliando ainda [entrar com] uma representação criminal (…) Isso foi indevido, inoportuno, de mau gosto e desrespeitoso. Desrespeitou todos os negros brasileiros e também a democracia. Democracia é você agir com responsabilidade (grifo meu)

Aparentemente, o sr. Vicente tem um arquivo com procurações de todas as pessoas negras no Brasil. Mas não aparentemente, mas certamente o sr. Vicente não sabe o que a palavra democracia significa. Sr. Vicente, democracia de acordo com o Dicionário Houaiss da língua portuguesa é:

Acepções substantivo feminino Rubrica: política. 1 governo do povo; governo em que o povo exerce a soberania 2 sistema político cujas ações atendem aos interesses populares 3 governo no qual o povo toma as decisões importantes a respeito das políticas públicas, não de forma ocasional ou circunstancial, mas segundo princípios permanentes de legalidade 4 sistema político comprometido com a igualdade ou com a distribuição equitativa de poder entre todos os cidadãos 5 governo que acata a vontade da maioria da população, embora respeitando os direitos e a livre expressão das minorias 6 Derivação: por extensão de sentido. país em que prevalece um governo democrático Ex.: ele é cidadão de uma autêntica d. 7 Derivação: por extensão de sentido. força política comprometida com os ideais democráticos Ex.: a d. venceu as eleições naquele país 8 Derivação: sentido figurado. pensamento que preconiza a soberania popular Ex.: a d. ganhou espaço na teoria política

Mas quando a Patrulha do Politicamente Correto dá uma blitz, a lógica é a primeira a sair de cena. Hoje vivemos numa sociedade do politicamente correto com a corrida para quem se sente mais vítima e ofendido. Gritar histericamente que tu és vítima de alguém, especialmente se acusando alguém de racismo (o crime em que o acusado é presumido culpado e que não há possibilidade de defesa), é a maneira mais fácil de conseguir dinheiro ou espaço na mídia. Como disse Ann Coulter em sua última coluna:

In modern America, the alleged “victim” is always really the aggressor, and the alleged “aggressor” is always the true victim. (grifo meu)

Alguém poderia me dizer que tipo de dano Gentili causou a alguem devido a seu tweet? E por favor, não me venham com essa baboseira de honra, dignidade e qualquer outra coisa que não possa ser mensurável de forma objetiva. Eu quero dizer, no momento que Gentili apertou o enter no UberTweet os negros perderam seus empregos? Não! O tweet não afetou a vida de ninguém, exceto a de Gentili, que foi pego para bode expiatório. Depois, li um post no blog do Helio de la Peña sobre o tema que me deixou confuso:

O estereótipo com o qual nós, humoristas, trabalhamos com freqüência é a do jogador negro (ou pagodeiro negro) que subiu de vida e, como tem grana, consegue pegar uma lourinha.

Peña diz que trabalhar com o estereótipo dum jogador negro com uma loira pode, agora um tweet onde não se cita a “raça” do jogador de futebol em questão é a demonstração científica e incontestável que Gentili revogará a Lei Áurea. Peña, como tu sabes se o Gentili agiu de acordo com o esterótipo por ti citado? Bom, pelo menos Peña é contra essa maluquice de politicamente correto:

Se alguma vez você sofreu discriminação racial, sabe o quanto isso é desagradável. Esta é a razão deste tipo de piada bater na trave. Isso não significa que eu seja a favor de cotas raciais – sou contra, prefiro um ensino de qualidade para todos. Também não sou militante da causa negra. Sou militante da mistureba geral das etnias. A fúria do “politicamente correto” é fruto de fanatismo. Mas democracia é o direito de se manifestar contra ou favor do que quer que seja, inclusive de uma piada. Acho exagero imolar o humorista em praça pública. Processo é bobagem. Danilo não apontou o dedo na cara de nenhum preto e disse “olha aqui, seu macaco.” Ele fez uma piada, quem não gostou expôs sua opinião. Eu não gostei. E só. (grifos meus)

E como Gentili lembrou, o Peña editou um Almanaque da Casseta Popular cheia de piadas que deixaria a Patrulha do Politicamente Correto estarrecida, ofendida e outras reações de pessoas que possuem muito tempo livre. E nem por isso o Almanaque reativou o tráfico negreiro entre a África e a América. E vai por mim, olha eu muitas vezes ri de piadas de gaúchos e pelotenses e nunca me senti ofendido por alguém sugerir a criação da BR-24 de Pelotas a Campinas. Aliás, quando vi aquele vídeo do Lula dizendo que Pelotas é um “pólo exportador de veado”, pensei “que delícia saber eu sou filiado ao PFL (sim, sou do partido desde aquela época)” e não “Meu Deus, fui ofendido, preciso de dinheiro, preciso de um repórter já”. Se alguém vem com gracinhas sem graça sobre pelotenses e/ou gaúchos eu respondo desta maneira:

Traze aquela dadeira, desgraçada que teve a desfaçatez de te colocar no mundo e eu mostro quem é viado aqui.

E não:

Ai, esta declaração ambígua ofendeu minha dignidade. Eu preciso de um repórter para que se faça um especial em horário nobre sobre minha dor. Ó céus, ó vida cruel…

Agora, para aplacar uns ânimos exaltados vamos ter que execrar Gentili, desperdiçando parcos recursos que poderiam estar sendo utilizados para o combate à corrupção, crimes violentos, ou seja, crimes de verdade? Espero sinceramente que o Gentiligate acabe logo e que o país volte a atenção para coisas sérias como a putrefação moral do Senado e não pseudo-ofensas de gente cujo propósito de vida é dividir pessoas pela cor de suas peles.

»

  1. Pingback: O tweet de Danilo Gentili | Trezentos

  2. Num pais de com a miscigenação étnica do Brasil falar que o cara ofendeu aos negros é sacangem…quem não tem sangue de negro neste pais…raras as exceções….Mas tem gente que faz de tudo para aparecer. O povo brasileiro (lógico que com exceções) adora arrumar um jeito de levar vantagem em tudo (lei de Gerson)…

    Sou brasileiro com orgulho, mas não tenho nem um pouco de orgulhos dos brasileiros! Ôh! povo pra gostar de arrumar jeitinho! Tem momentos que a criatividade brasileira é bem utilizada e bem vinda, mas o povo brasileiro(obviamente com exceções) adora dar “jeitinho” em tudo: nos impostos, nos sinais de transito, na blitz da policia.

    Um pais que tem tudo pra dar certo, mas que morre pelo próprio povo. Nós reclamamos muito de que os nossos governantes não nos dão um ensino de qualidade (porque educação se aprende em casa), que a nossa Saúde é uma droga, porem nos esquecemos que somos nós que elegemos os governantes e que como diz o ditado “pra peidorreiro, dor de barriga é desculpa”.

    Se o brasileiro deixasse o comodismo de lado (mas uma vez frisando que existem varias exceções) parasse de ficar buscando seguro desemprego, bolsa família e outras coisas que mais sustentam vagabundos do que ajudam ao povo, nosso país começaria a caminhar para um futuro melhor. Não tem emprego? Vai se oferecer pra lavar janela, varrer gramado, polir carro, levar cachorro pra passear, vender bala de porta em porta. O problema que o povo já se moldou ao estereótipo de que trabalho digno tem que ser o que eu posso falar que tenho carteira assinada e salário mínimo, não estou sendo invencível e sim realista, quem quer procura meios de se virar. Não é porque eu não tenho um emprego formal que eu vou ficar “morcegando” dependendo de ajuda do governo. Não é indigno precisar de ajuda, mas se acomodar nessa ajuda e não procurar meios de se virar sozinho é preguiça e vagabundagem.

    Acho que o que daria rumo ao Brasil não é ter políticos menos corruptos, e sim ter um povo menos acomodado e que se preocupasse mais sigo mesmo do que com o que os outros estão falando ou fazendo!

    Responder
  3. O politicamente correto é uma praga. Censura e repressão, sempre cheia de “boas intenções”, como de costume.
    Geralmente, o censor, do alto de sua arrogância, acha que está fazendo um “bem” pra humanidade. Não percebe (ou finge que não percebe) que impedir o fluxo das idéias é uma violência, na realidade muitas vezes maior do que o suposto “mal” que ele imagina combater.

    Responder
  4. Não sou negro, mas compreendo o sentimento de indignação de parte deles (digo parte, pois alguns, pelo menos, sentiram-se ofendidos por causa do post).

    Meu ponto é o seguinte: quando existe um grupo étnico, religioso, sexual etc. que é socialmente desfavorecido por sofrer alguma forma de discriminação, seja ela histórica ou atual, qualquer atitude que esboce alguma forma de preconceito deve ser banida. Isso, pois pequenas ações, por mais insignificante que elas sejam, podem contribuir por manter o status quo periférico de tais grupos. Uma frase como a de Gentili pode ser conciderada reacionária sim, pois pelo menos alguém a percebeu dessa forma.

    No blog: http://osaristoi.blogspot.com/ há um post mais completo sobre o que penso desse assunto.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: