Assinatura RSS

Jogo com Maomé é censurado

Publicado em

O Folha de S.Paulo de hoje reporta que a Mesquita União Muçulmana de Barretos processou (066.01.2008.010676-5) o UOL para que este tirasse da página Click Jogos (embora o ClickJogos seja independente e esteja apenas hospedado no UOL) o jogo Faith Fighters, um joguinho em Flash onde Jesus, Buda e Maomé lutam no estilo Street Fighter. Desnecessário dizer que o jogo continua livremente disponível na Internet. Como pena pecuniária, o sr. Sammour (advogado do autor, que é presidido por Sammour também) pede R$ 100.000 de indenização. Mas indenização por qual dano moral? O jogo impediu a realização dos, sei lá como se chama, cultos na mesquita? Não! O jogo impediu os muçulmanos de freqüentarem a mesquita? Não! Aliás, qual foi o distúrbio que o jogo e o UOL causaram no prosseguimento do cumprimento da fé islâmica em Barretos? Nenhum! Até porque nenhuma das outras religiões de alguma forma citada pelo jogo sentiram-se “ofendidas” ou tiveram algum tipo de embaraço na realização de seus procedimentos religiosos.

Anúncios

»

  1. Peraí, por que ele quer receber R$ 100.000? Ele por acaso é dono de alguma religião, ou representante oficial de Deus para achar que as supostas ofensas contra Seu nome faz dele o “ofendido” oficial? Ah, não. Todos os cristão,muçulmanos e budistas têm que receber, ou então fica injusto!

    Responder
  2. A censura mostra-e cada vez mais presente em nossas vidas. Um simples fato de um jogo ter tais personagens, não quer dizer que isto esteja denegrindo a imagem ou desrespeitando a religião. É preciso haver bom senso por parte de nossos magistrados para evitar este tipo de censura, que nada mais é, do que uma punição unicamente de caráter arrecadatório.

    Indiquei teu blog a um selo, depois de uma passadinha no meu.
    http://comideiaseideais.blogspot.com

    Responder
  3. Eles vão enviar os 100.000 pro Deus deles, via sedex, certeza.

    Responder
  4. Sou evangélico e imagina agente ter que processar certas rede de televisões por que colocam progamas que falam mal de nós cristãos? xô sensura!!

    Responder
  5. Orwell teria um farto material para escrever uma espécie de “1984-parte II” nestes tempos de vigilância e tentativa de censura. Jogos eletrônicos são culpabilizados pela violência dos adolescentes; a internet é a culpada pela pedofilia; e por aí vai…

    Eu acho muito interessante a “grande mídia” falar em democracia o tempo todo e justamente neste período eleitoral ( Matrix, talvez?). Em uma reportagem feita por uma emissora (não me recordo se foi à da família Marinho ou do Bispo)mostrou que moradores de rua em BH estão aprendendo a votar na urna eletrônica em uma ação coordenada e promovida pelo TRE-MG.

    O que encasqueta é o texto utilizado pela jornalista: “Os moradores de rua estão vivenciando a cidadania e a democracia”. Seria interessante que eles “vivenciassem” essa cidadania e democracia em relação a direitos básicos…

    Responder
  6. É aquela velha questão dos muçulmanos não gostarem de ver Maomé representado graficamente, como no caso das caricaturas na Dinamarca.

    Mas enquanto o judiciário e leis imbecis continuarem servindo para que supostos “ofendidos” imponham sua vontade e calem a boca das outras pessoas, a censura terá vida longa, infelizmente.

    Liberdade de Expressão – http://liberdadedeexpressao.multiply.com

    Responder
  7. Concordo com a ação ajuizada pelo advogado, pois o mesmo defendeu não só o ISLAMISMO bem como o CRISTIANISMO, além de que a indenização será revertida para instituições de caridade.
    Não há nada de censura, sendo que se cada um respeitasse mais as religiões nada disso teria acontecido.

    Responder
  8. Acompnho o amigo Marcelo, correta a exclusão do jogo.

    Responder
  9. Se a indenização for para a intituição de caridade, nada mais justo.

    Responder
  10. Não concordo com a censura, apesar do tal joguinho ser, obviamente, mais um ataque idiota às religiões, já que, segundo a apresentação do site, ele pretende levar as pessoas a “refletirem” sobre como as religiões servem a conflitos…

    Mas da mesma forma que acho que idiotas anti-religião não têm o direito de, alegando se sentirem “ofendidos”, censurar pessoas ou textos religiosos, não se deve tampouco censurar tais idiotas, por mais idiotas que sejam suas “idéias” e joguinhos.

    Responder
  11. Concordo com a censura desde que seja violado direitos e garantias fundamentais e um deles é o respeito a religião. Justiça agiu corretamente, pois se assim fosse haveria um desrespeito geral sob todos os angulos.

    Responder
  12. Parabéns doutor pela sua atitude.
    Sou católica e concordo totlamente com sua atitude, pois perservo a familia e o respeito por todas as religiões.
    Quanto ao valor de indenização, este foi muito baixo perto do que este jogo pode provocar na cabeça de uma pessoa sem uma boa formação familiar, também admirei sua atitude de nada pedir para a Mesquita, mas sim para uma instituição, pois bem, foi voce quem tomou a atitude digna e fez todo o trabalho sem nada pedir á ninguém, então esta escolha cabe á vc!
    Gostaria que mais pessoas tomassem sua atitude pois talvez assim o mundo fosse melhor e não ocorresse tantos homicídios e maldades dentro de um lar como está ocorrendo hoje.
    Parabens.
    Fabiana

    Responder
  13. fazer chacota com o que quer que seja, mas principalmente com uma figura histórica e religiosa, abala a fé de seus praticantes e ainda é o maior sinal de préconceito! Esse jogo merece ser tirado e o pessoal que o criou ser processados. Como Cristão, acho isso um total desrespeito a nossa fé!

    Responder
  14. Pingback: UOL continua sendo processado no caso Maomé « Xô Censura !

  15. Não podemos mais fazer piadas nem com esses seres mitológicos? Vou criar a religião do Bowser e processar a Nintendo por danos morais também.

    Responder
  16. Censura é burrice! Pensem nisso…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: